Palavras antigas

As palavras antigas da língua portuguesa são todas aquelas que já não são utilizadas na forma culta. Geralmente, representam vocábulos usados em outras épocas e que não foram adaptados ao período atual e por isso entraram em desuso.

Para essas palavras costuma-se utilizar o conceito de “palavras arcaicas”, ou seja todas aquelas que são consideradas antiquadas e estão em desuso. Na língua portuguesa um referente literário do português arcaico é a obra de Luís de Camões com Os Lusíadas, obra publicada em 1572.

“Vês aqui a grande máquina do mundo, 
Etérea e elemental, que fabricada
Assim foi do Saber alto e profundo,
Que é sem princípio e meta limitada.
Quem cerca em derredor este rotundo
Globo e sua superfície tão limada,
É Deus: mas o que é Deus ninguém o entende,
Que a tanto o engenho humano não se estende.” 
 

20 exemplos de palavras antigas no português arcaico:

  1. Vosmecê (O senhor/ a senhora)
  2. Assunar (Juntar)
  3. Amazar (Matar)
  4. Encartado (Condenado)
  5. Osmar (Calcular)
  6. Suso (Acima)
  7. Trevudar (Pagar imposto)
  8. Ceroula (Roupa interior)
  9. Alcaide (Prefeito)
  10. Ataúde (Caixão)
  11. Boticário (Farmacêutico)
  12. Por obséquio (Por favor)
  13. Doravante (Dessa forma)
  14. Balela (Mentira)
  15. Carraspana (Bebedeira)
  16. Donzela (Moça, senhorita)
  17. Sarau (Festa)
  18. Quiproquó (Confusão)
  19. Aposentos (Quartos)
  20. Oucidente (Ocidente)

Citar en formato APA: ( A. 2014, 05. Palavras antigas. 10 palavras. Obtenido , de https://10palavras.com.br/palavras-antigas/.)